Proposta Pedagógica

O projeto pedagógico do Vivência e Convivência é a diretriz que define os objetivos, os princípios e os valores que orientam todas as ações da escola. Ele representa o nosso mais valioso patrimônio simbólico, pois direciona o papel do educador e apresenta o nosso modo de ensinar, sempre em busca da excelência: o olhar individual para a criança e a mobilização para o trabalho em grupo, com respeito às diversidades e o estímulo à criatividade e a sistematização do conhecimento de forma significativa e prazerosa.

 

VALORES

Os valores estão pautados em três pilares:

  • Autonomia;
  • Cooperação;

Esses valores atravessam todas as ações educativas e pedagógicas da escola e concretizam-se em três esferas:

  • Nas relações interpessoais;
  • Na estrutura curricular e metodológica;
  • Na organização da rotina.

 

RELAÇÕES INTERPESSOAIS

A relação interpessoal é uma dentre as tantas inteligências emocionais que contribui para o desenvolvimento das habilidades que envolvem comportamentos como assertividade, solução de problemas e empatia, fundamentais para o convívio entre pessoas.

Desta forma, educar é ajudar a criança a tomar consciência de si mesmo, dos outros, da sociedade em que vive e do seu papel dentro dela. É saber aceitar-se como pessoa e principalmente aceitar ao outro com seus defeitos e qualidades.

O desenvolvimento da autoestima, do sentimento de pertença e de segurança só podem ser promovidos em uma relação de afeto na qual os modelos e posturas do educador ratificam a coerência entre o que se fala e o que se faz.  Assim, em um ambiente acolhedor e confiável a criança é desafiada a buscar sua autonomia.

 

CURRÍCULO E METODOLOGIA

O currículo se organiza como uma espiral na qual os conceitos são apresentados continuamente com grau crescente de complexidade. As situações de aprendizagem são sempre significativas e são apresentadas por meio da metodologia de projetos. O objetivo é favorecer às crianças o desenvolvimento de estratégias que as levem a indagar, problematizar, argumentar, produzir, criar, projetar, interpretar, entre outras na busca pelo conhecimento.

 

ROTINA

A rotina é estruturante, fundamental na organização da vida do ser humano. É fonte de segurança, previsão dos passos seguinte e proporciona à criança sentimentos de estabilidade e maior facilidade de organização espaço-temporal. Ela envolve ritmo, compromisso, disciplina, responsabilidade. O fato de se repetir determinada ação no decorrer do dia, não significa que tenha que ser necessariamente da mesma maneira, pelo contrário a rotina é rica, alegre e prazerosa, proporcionando espaço para a construção diária da proposta pedagógica do Vivência e Convivência.